Veja o que está em cartaz no Teatro Caleidoscópio e programe-se.
+ Mais
 
  Teatro para adultos, adolescentes e crianças. Confira a programação de cursos do Teatro Caleidoscópio
+ Mais
 
Cadastre-se em nossa newsletter e receba as informações, novidades e promoções do Teatro em seu e-mail.
Nome: E-mail:
   
  Clique aqui e acompanhe a programação do Teatro Caleidoscópio  

EUGENIO BARBA E JULIA VARLEY MINISTRAM NOVO WORKSHOP EM BRASÍLIA

O diretor Eugenio Barba e a atriz Julia Varley (Odin Teatret, Dinamarca) voltam a Brasília para ministrar novo workshop em regime de imersão. Esta é a segunda edição do projeto A ARTE SECRETA DO ATOR, idealizado e coordenado pela diretora Luciana Martuchelli, da Tao Filmes, e pelo diretor André Amaro, do Teatro Caleidoscópio, em formato exclusivo oferecido a atores e diretores brasileiros. A oficina, que será conduzida em português, abordará os dois níveis de dramaturgia (orgânica e narrativa) e as ações físicas e vocais na relação entre a dramaturgia do diretor e do texto; e do escritor e do ator. O conteúdo estende-se ainda à análise das diferenças entre movimento e ação; imobilidade estática e dinâmica, energia no espaço e energia no tempo; percepção do diretor e percepção do espectador. Os participantes - 16 atores (praticantes) e 16 diretores (observadores) - ficarão hospedados durante 4 dias em um Solar nas proximidades de Brasília, de 9 a 13 de dezembro, trabalhando oito horas por dia.

A novidade deste ano é que os inscritos deverão apresentar para Eugênio Barba e Julia Varley, no primeiro dia de oficina, um “cartão de visita” do seu trabalho dramático, ou seja, cinco minutos de material profissional (cena, partituras físicas, músicas, textos interpretados) que possam servir de referência e conteúdo para o trabalho prático. Também deverão ter dois textos e uma música memorizados para trabalhar a montagem de ações (utilizando ou não o material apresentado). Um dos textos será SUDDENLY IN THE DEPTHS OF THE FOREST (De repente, nas profundezas do bosque) de Amos OZ, selecionado por Eugênio Barba para integrar a construção da dramaturgia durante o treinamento, visando ensinar como construir uma dramaturgia a partir de um conto, ou obra ainda não sistematizada como teatro.

O objetivo do projeto é que os artistas interessados em construir solos ou duos possam a partir dessa proximidade com o diretor Eugenio Barba, reencontrá-lo no curso para mostrar o andamento de suas criações e idéias do ano anterior e obter novo treinamento e orientação. Em 2008, o treinamento contou com a presença de atores e encenadores do Maranhão, Paraíba, Santa Cantarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Distrito Federal e França. Esse projeto de pedagogia, em que o mestre da Antropologia Teatral trabalha diretamente com atores de forma intensiva, é único em todo mundo. Normalmente ele só dirige atores de seus espetáculos e ministra seminários teóricos sobre seu método.

Histórico
Em junho de 2008, o diretor Eugenio Barba esteve em Brasília com seu grupo, o Odin Teatret, para participar da Mostra Internacional de Teatro, realizada no CCBB. Na ocasião, assistiu a uma apresentação dos atores do grupo Yinspiração, da diretora Luciana Martuchelli, e conheceu as instalações e o trabalho do Teatro Caleidoscópio, de André Amaro. Desse encontro, saiu o plano de voltar a Brasília para um workshop de quatro dias, em regime de imersão, com atores e diretores e, em dezembro de 2008, aconteceu a primeira edição do workshop “A Arte Secreta do Ator”.

Há muito tempo o mestre da Antropologia Teatral não realizava evento similar. O evento contou com a participação de um grupo seleto de atores, diretores e professores de todo o Brasil que vieram a Brasília visando reciclagem, apuro e uma aproximação diferenciada com as técnicas do Odin Teatret, hoje referência e grande influência nos trabalhos mais reconhecidos do cenário nacional. Parte desses grupos e artistas conhece as obras do Odin pelos seus escritos ou palestras abertas, mas poucos tiveram contato com suas práticas aqui no Brasil ou puderam arcar com os custos de uma viagem a Dinamarca, onde acontecem treinos mais profundos com atores do Odin Teatret.

Na edição de 2008, Eugênio Barba e a atriz Julia Varley conduziram o treinamento “Como pensar através de ações”, durante 4 dias no Solar Guadalupe, uma chácara a 26 km de Brasília, preparada para encontros como este. Na ocasião, a atriz Julia Varley fez uma demonstração de trabalho (O Eco do Silêncio), uma de suas mais antigas demonstrações, mas pouco realizada no Brasil. Uma verdadeira incursão pelos recursos da voz. A demonstração foi seguida de palestra do diretor Eugênio Barba, no Teatro da Caixa, debate com os presentes e um coquetel fornecido pela Embaixada da Dinamarca.

Eugenio Barba é criador da Escola Internacional de Antropologia Teatral e diretor, há 45 anos, do Odin Teatret. A oportunidade de ouvir e assistir uma demonstração de trabalho com o profissional, assim como obter um treinamento em nível de excelência, é única para estudantes de artes cênicas e para atores e diretores já estabelecidos na cena teatral brasileira. A parceria do Odin Teatret com a Tao Filmes e a Cia. Yinspiração rendeu um convite às atrizes Luciana Martuchelli e Juliana Zancanaro para integrar a performance Ur-Hamlet do diretor em Wroclaw, na Polônia, a tradução dos Livros Pedras D’água, da atriz Julia Varley, e A Conquista da Diferença, de Eugênio Barba, com lançamento previsto pela Editora Perspectiva, em 2010; e os documentários A arte secreta do ator e Projeto Magdalena, uma co-produção TAO Filmes/Cia Yinspiração e NOVA Filmes (em fase de finalização). O Teatro Caleidoscópio, em parceria com a Faculdade Dulcina, reeditará o livro A Canoa de Papel, título até então esgotado do diretor Eugênio Barba.

A ARTE SECRETA DO ATOR – BRASIL – 2ª Edição
Com Eugênio Barba e Julia Varley (Odin Teatret, Dinamarca)

Período
09 a 13 de dezembro de 2009

09 de dezembro, Teatro Dulcina
Demonstração de Julia Varley
Palestra de Eugenio Barba
Lançamento da nova edição do livro
“A Canoa de Papel”

10 a 13 de dezembro, Solar Guadalupe
Workshop “Como pensar através de ações”

Inscrições
Os interessados devem enviar breve currículo para: contato@aartesecretadoator.com.br ou luciana@taofilmes.com.br, até 23 de outubro de 2009

Investimento
R$ 1.800,00 à vista ou 2 x 950,00 (entrada no ato da inscrição e a outra parcela até 30 de novembro), incluindo quatro dias de treinamento, hospedagem em quarto duplo com pensão completa (café da manhã, almoço e jantar - comida natural e orgânica) e certificado. Após confirmada a vaga, o participante deverá fazer o depósito da entrada ou valor total na conta enviada no e-mail de confirmação. Somente após o depósito, a vaga será preenchida e a matrícula efetivada.

Contato
Luciana Martuchelli e André Amaro

Informações
+55 61-3347-2787
+55 61-3344-0444


Eugenio Barba
Teórico da antropologia teatral, Eugenio Barba nasceu em 1936 na Itália. Em 1954, emigrou para a Noruega para trabalhar como soldador e marinheiro. Formou-se em Francês, Literatura Norueguesa e História da Religião, na Universidade de Oslo. Em 1961, foi para Wroclaw (Polônia) estudar direção teatral na Escola Estadual de Teatro, mas saiu um ano depois para unir-se a Jerzy Grotowski, que era líder do Teatr 13 Rzedow em Opole. Barba ficou com Grotowski por três anos. Em 1963, viajou para a Índia, onde teve seu primeiro encontro com o Kathakali. Quando retornou a Oslo, em 1964, queria tornar-se um diretor de teatro profissional, mas como era estrangeiro, não foi bem vindo na profissão. Então, ele começou seu próprio teatro. Uniu-se a um grupo de jovens que não tinham sido aprovados para a Escola Estatal de Teatro (Oslo’s State Theatre School), e criou o Odin Teatret em 1º de outubro de 1964. O grupo treinou e pesquisou em um abrigo contra ataques aéreos. Sua primeira produção, “Ornitofilene”, do autor norueguês Jens Bjørneboe, foi apresentada na Noruega, Suécia, Finlândia e Dinamarca. Em seguida, foram convidados, pelo município dinamarquês de Holstebro, a criar um laboratório teatral na pequena cidade. Ofereceram uma velha fazenda e uma pequena quantia em dinheiro para começarem. Desde então, Barba e seus colegas fizeram de Holstebro a base do Odin Teatret. Durante os últimos 36 anos, Eugenio Barba dirigiu 23 produções, algumas das quais exigiram mais de dois anos de pesquisa. Entre as melhores destacam-se “Ferai” (1969), “Min Fars Hus (My Father’s House)” (1972), “Brecht’s Ashes” (1980), “The Gospel According to Oxyrhincus” (1985), “Talabot” (1988), “Kaosmos” (1993) e mais recentemente “Mythos” (1998). Desde 1974, Eugenio Barba e o Odin Teatret delinearam sua própria forma de estar presente em um contexto social através da prática do teatro "permuta", uma troca através de performances com a comunidade. Em 1979, Eugenio Barba fundou a ISTA, International School of Theatre Anthropology (Escola de Antropologia Teatral). Ele também faz parte do conselho de jornais estudantis como o "The Drama Review", "Performance Research", "New Theatre Quarterly" e o "Teatro e Storia”. Ao longo da carreira, o diretor já foi condecorado com o título de Doutor Honoris Causa nas Universidades de Aarhus, Ayacucho, Bologna, Havana, Warsaw e com o “reconhecimento do mérito científico” pela Universidade de Montreal, além de premiado com a Danish Academy Award, Mexican Theatre Critics' Prize, Diego Fabbri Prize, Pirandello International Prize, e Sonning Prize, concedido pela Universidade de Copenhagen. Eugenio Barba já apresentou mais de 40 espetáculos e tem artigos e ensaios publicados em numerosos países e línguas. Ensina ainda regularmente em universidades européias, do Norte, Sudamérica e há dois anos no Projeto A Arte Secreta do Ator em Brasília, Brasil.

Julia Varley
Nasceu em 1954, em Londres, Grã Bretanha e integrou o Odin Teatret em 1976. Além de atuar, participa ativamente como diretora, professora, organizadora/produtora e escritora. Desde 1990, faz parte da organização da ISTA. Desde seu início em l986, participou ativamente do Proyecto Magdalena, uma rede de mulheres do teatro contemporâneo. Julia é diretora artística do festival Transit, em Holstebro, e edita a revista The Open Page, dedicada às mulheres no teatro. É autora dos livros “O Vento do Oeste”, um romance escrito por um personagem teatral, e “Pedra d’água”, suas experiências como atriz do Odin Teatret que está sendo traduzido para o português pelas atrizes Luciana Martuchelli e Juliana Zancanaro. Seus artigos e ensaios são publicados em diversas revistas como Mime Journal, New Theatre Quarterly, Teatro e Storia, Conjunto, Lápis e Máscara.


 Voltar